Sites com cadeado verde e HTTPS são mais seguros

Publicado em 22 fevereiro, 2017

Sites que utilizam certificado de segurança SSL e protocolo HTTPS garantem a segurança das informações enviadas e recebidas.

Nos últimos anos um dos principais assuntos tratados sobre a internet diz respeito à segurança, mas não apenas a questões relacionadas a invasões de grandes sites, páginas do Governo ou de instituições bancárias, e sim principalmente a roubo de dados e informações de usuários comuns da internet.

A grande maioria dos sites não oferece uma camada extra de segurança, e por esse motivo não devem tratar informações sensíveis de pessoas ou empresas, tendo em vista a facilidade com que tais informações podem ser interceptadas quando enviadas ou recebidas através internet.

Quando determinada página da internet tem como objetivo tratar de informações sigilosas, ela deve utilizar um certificado de segurança SSL, que roda através do protocolo HTTPS. Com isso fica impossível decifrar o conteúdo das informações caso elas sejam interceptadas, e ao mesmo tempo fica preservada a integridade dos dados.

Cadeado verde

Páginas que exibem um cadeado verde ao lado da barra de endereço utilizam o certificado SSL e por isso são identificadas como páginas seguras. Adicionalmente ao cadeado verde, o protocolo empregado é o HTTPS, ao contrário dos sites não seguros, que utilizam o protocolo HTTP.

Protocolo HTTPS

Na maior parte dos navegadores, ao acessar um site seguro é exibido ao lado da barra de endereço um cadeado na cor verde, ou  mesmo a palavra “Seguro”.

Em alguns sites, além do cadeado verde toda a barra de endereços fica verde, mas este tipo de tecnologia é utilizada apenas em casos bem específicos.

O que é certificado SSL?

O certificado SSL certifica que as informações enviadas ou recebidas através de uma página da internet é criptografada de modo que seja impossível que tais informações sejam receptadas, roubadas ou acessadas por alguém não autorizado.

O termo SSL significa Secure Sockets Layer, e seu funcionamento como entrega da certificação aos sites que o solicitam é feita por diversas entidades ao redor do mundo, todas autorizadas e reconhecidas por órgãos internacionais que regulamentam a segurança digital.

Protocolo HTTPS

O protocolo HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure – protocolo de transferência de hipertexto seguro) é uma implementação adicional de segurança ao protocolo HTTP, que oferece uma camada extra de segurança, necessária para a implementação do protocolo SSL/TLS.

Quais sites podem usar o SSL?

Sites que manipulam informações importantes tanto de pessoas quanto de empresas obrigatoriamente devem usar o SSL, caso contrário colocarão em risco tais informações. É por isso que sites de bancos, lojas virtuais e diversas outras que solicitam ou armazenam informações pessoais utilizam tal tecnologia de segurança.

Contudo, muitos sites que não armazenam nem solicitam nenhum tipo de informação sensível de seus visitantes também passaram a utilizar o SSL em todas as suas páginas. O objetivo nesse caso é garantir aos visitantes a segurança de que as informações acessadas são verdadeiras, e que o conteúdo apresentada não pode ter sido alterado indevidamente ou até mesmo contaminado com algum tipo de vírus ou outro tipo de praga virtual.

Sites com o HTTPS são mais seguros

Se ao visitar um site você perceber que o protocolo utilizado é o HTTPS (por exemplo: https://www.gigaconteudo.com) e também é exibido um cadeado verde ao lado da barra de endereço, ou mesmo a palavra “Seguro”, você pode ter certeza que está em um ambiente seguro, e que as informações enviadas e recebidas não serão interceptadas, bem como o conteúdo da página não está suscetível a alterações não autorizadas ou mesmo a infecção com algum malware (vírus, trojan, etc.)