Diferença entre servidor gerenciado e servidor não gerenciado

Publicado em 3 fevereiro, 2017

Servidores não gerenciados são utilizados normalmente em projetos complexos, enquanto servidores gerenciados representam a maioria nas empresas de hospedagem

A disponibilidade de serviços de hospedagem de sites atualmente é bastante grande, existindo no mercado centenas de empresas que prestam serviços de hospedagem para páginas WEB, sejam sites, blogs, fóruns, lojas virtuais etc.

Como se sabe, a hospedagem de sites não é algo simples, tendo em vista a grande quantidade de tecnologias que podem ser aplicadas em um site, o que demanda além de conhecimento técnico sobre servidores de hospedagem, investimento em equipamentos e softwares.

Devido a essa grande quantidade de tecnologias e à diversidade de demandas que podem existir, algumas empresas de hospedagem, ou hostings, oferecem serviços de hospedagem com servidores gerenciados e servidores não gerenciados, para que seus clientes escolham qual a opção mais adequada para suas necessidades.

Servidor gerenciado x servidor não gerenciado

A decisão entre escolher um servidor gerenciado ou um servidor não gerenciado vai depender geralmente das necessidades de cada projeto bem como da complexidade do mesmo.

Isso porque servidores não gerenciados dão mais possibilidades ao administrador ou webmaster devido ao fato de ele ter acesso a todas as configurações do servidor, inclusive de maneira física, o que possibilita fazer adequações ou personalizações com o objetivo de obter o máximo de desempenho e segurança.

Servidor de hospedagem

Servidores não gerenciados exigem muito conhecimento sobre administração de servidores ou mesmo uma equipe especializada. Ao contrário do servido gerenciado.

Confira abaixo algumas características dos servidores gerenciados e não gerenciados:

Servidor não gerenciado

  • Acesso total ao servidor, inclusive em nível de hardware.
  • É necessário uma equipe especializada e com experiência para gerenciar o servidor.
  • Costuma ser mais barata, tendo em vista que praticamente todas as tarefas e responsabilidades fica por conta do cliente.
  • Possibilidade de personalizar a hospedagem de acordo com as necessidades e tecnologias específicas.
  • Questões como segurança e atualização ficam todas por conta do cliente.

Servidor gerenciado

  • A manutenção da máquina fica por conta da empresa de hospedagem, tanto de hardware quanto de software.
  • O cliente não precisa se preocupar com atualizações ou questões sobre segurança em nível de servidor.
  • Foco no projeto ou negócio, deixando o gerenciamento da máquina por conta da empresa.
  • Costuma ser um pouco mais caro, tendo em vista que o gerenciamento da máquina gera custos para a empresa.

Qual servidor escolher?

A escolha entre um servidor gerenciado ou não gerenciado vai depender das necessidades do projeto. Como vimos pelas características listadas acima, na maioria dos projetos o ideal é a contratação de um servidor gerenciado, pois o gerenciamento de um servidor exige muito conhecimento sobre TI ou uma equipe especializada, o que pode custar ainda mais caro.

Por esse motivo, a contratação de um servidor não gerenciado é feita em projetos bem específicos, onde o acesso total à máquina é realmente necessária, seja por questões de segurança ou desempenho.