Vender HD usado é seguro? Dicas para manter sua privacidade

Publicado em 2 julho, 2012 / Atualizado em 10 de outubro de 2012

Confira dicas e orientações para proteger sua privacidade na venda de discos rígidos usados

Ao contrário do que muitos usuários de computador pensam, o tamanho do disco rígido da máquina não determinada se ela é poderosa ou não, ele serve apenas para armazenar arquivos. Há usuários que possuem muitos jogos e filmes, e assim, necessitam de um HD de grande capacidade. Outros, que usam a máquina para navegar e trabalhar, normalmente não necessitam de HDs de grande capacidade.

Em todo caso, muitos usuários que compram um HD de maior capacidade têm o desejo de vender o HD antigo, de menor capacidade, mas têm medo de expor sua privacidade, haja vista que é possível recuperar arquivo excluídos do HD. Por esse motivo, muitas pessoas guardam para sempre seu HD antigo, mesmo sem utilizá-lo, ou mesmo o destroem.

Como sabemos, o processo de esvaziar a lixeira do Windows não elimina o arquivo do disco, apenas “o esconde”. Existem diversas ferramentas que zeram os clusters do disco rígido e destroem para sempre todos os arquivos e informações armazenados.

HD de disco magnético

Mas como vender um HD usado, com segurança

Tenha em mente que o processo de formatar o HD não elimina totalmente os arquivos. Mesmo depois da formatação é possível recuperar arquivos, a depender de cada situação.

1. Elimine todos os arquivos que estão no disco. Mande para a lixeira e depois a esvazie. Desinstale todos os programas, pois alguns deles podem guardar informações pessoais suas. Faça uma limpeza de privacidade com o CCleaner ou o Advanced Systemcare.

2. Utilize um software para a limpeza de disco. Utilize o método de Gutmann (35 passos). Caso queira reforçar, utilize-o mais de uma vez, ou antes, utilize outros métodos, como o de 7 passos.

3. Alguns fabricantes de discos rígidos disponibilizam programas para formataçãode baixo nível, também chamada de zero fill. Visite a página do fabricante do disco e veja se ele disponibiliza tais ferramentas.

4. Faça um teste e veja se consegue recuperar os arquivo deletados. Utilize programas como o Recuva, o TestDisk etc. Se conhecer outro aplicativo para recuperação, teste-o também.

5. Formate o HD.

Após essas tarefas, a chance de recuperação de dados é praticamente.

Atenção: Este post tem caráter informativo, não posso garantir que seus dados serão completamente eliminados, pois além de outros fatores, isso dependerá da conduta adequada de quem está utilizando as ferramentas apresentadas neste post (ou qualquer outra). Entretanto, tenha em mente que o método de Gutmann é considerado a maneira mais poderosa de eliminar arquivos, tornando-os irrecuperáveis. Antes de vender o HD, utilize mais de uma ferramenta de recuperação de dados, e veja se algo pode ser recuperado.