Usar carregador de outro celular pode danificar a bateria?

Publicado em 14 janeiro, 2016 / Atualizado em 17 de janeiro de 2016

Na maioria dos casos, os carregadores de aparelhos semelhantes são compatíveis entre si, mas o correto é conferir para não ocorrer danos à bateria

Por mais que a tecnologia dos smartphones avancem, oferecendo cada vez mais memória, capacidade de processamento e telas de altas resoluções, aparentemente as baterias não conseguem acompanhar a evolução no mesmo ritmo.

Esse é o motivo que explica o fato de que quanto mais recursos tem o aparelho mais energia ele consome, o que obriga o dono do mesmo a fazer recargas com mais frequência.

Há quem ande com o carregador do celular no bolso, na mochila, no carro, na bolsa etc., já se preparando para o momento em que a bateria vai descarregar.

Mas como é possível uma distração, poderá chegar o momento de recarregar mas o carregar não se encontrar à disposição. Neste caso, será que é perigoso pegar o carregador emprestado de alguém, de um aparelho diferente?

É SEGURO USAR CARREGADOR DE OUTRO CELULAR?

Depende. Não é possível afirmar com certeza se um carregador diferente ou de outro aparelho irá ou não danificar a bateria de outro sem observar principalmente a tensão de saída do mesmo.

O ponto principal está na tensão do carregador, chamado por algumas pessoas de voltagem. Se a tensão for mais alta que a tensão do carregador original poderá ocorrer o superaquecimento da bateria, ocasionando a diminuição da sua vida útil ou até mesmo levá-la a pegar fogo ou explodir.

Outro problema que pode ocorrer é deixar a bateria viciada, mostrando estar carregada em um momento e de repente pedir recarga.

Celular carregando
Apesar de muitos carregadores serem compatíveis entre seus aparelhos, há carregadores que podem danificar a bateria de alguns aparelhos.

Vamos a um exemplo:

UM CARREGADOR COM OS SEGUINTES VALORES DE SAÍDA: 5.1V 0,7A.

Tensão de saída: 5.1 volts

a) Se usado em bateria que exige maior tensão (ex.: 7V) pode demorar para carregar, ou a depender da diferença nem mesmo carregar.
b) Se usado em bateria que exige menor tensão (ex.: 3,5V) carrega, mas pode ocasionar sobrecarga, superaquecimento ou levar a bateria a explodir.

Ou seja, usando um carregador com tensão menor, poderá haver demora na recarga. Usando um carregador com maior tensão, a bateria pode sobrecarregar, superaquecer, e chegar a explodir em casos extremos.

Corrente de saída: 0,7 amperes

a) Se usado em uma bateria que necessite de maior corrente, demorará mais para recarregar.
b) Se usado em uma bateria que necessite de menor corrente, não haverá problema algum, a bateria irá ser recarregada normalmente. Podemos dizer que os amperes “em excesso” serão desperdiçados.

Obs.: Erroneamente algumas pessoas utilizam os termos voltagem (o certo é tensão) e amperagem (o certo é corrente).

Concluindo

Se seu medo é ter a bateria do aparelho danificada, não use outro carregador que possua tensão (V, volts) de saída maior que a do seu carregador original.

No caso da corrente (A, amperes) já sabemos, se for menor, carregará mais lento. Se for maior, não há problema, carregará normalmente e a “corrente a mais” será anulada.