Trocar de usuário ou fazer logoff no Windows

Publicado em 24 outubro, 2014

Tanto o logoff quanto a troca de usuário permite alternar entre contas, saiba as diferenças

É bastante comum o compartilhamento do computador entre pessoas próximas. Quando cada um não possui seu próprio computador em casa, a solução para que todos possam realizar suas tarefas no PC é compartilhá-lo com o pai, mãe, irmãos, namorada, marido etc.

Como cada pessoa deseja manter sua privacidade, organizar seus arquivos da maneira que achar melhor e personalizar sua área de trabalho e papel de parede, por exemplo, a melhor maneira para compartilhar o computador com outras pessoas é criando outras contas de usuário.

As contas no Windows permitem que o computador seja usado por várias pessoas sem que uma acesse os arquivos e os dados da outra, podendo inclusive proteger o acesso à conta com uma senha. Com isso, cada um poderá configurar sua conta como se estivesse em outro computador. A parte física (o computador em si) é compartilhada, mas os arquivos e configurações do sistema são individuais para cada conta.

Dessa maneira, para que um usuário possa acessar sua conta, é necessário que aquele que esteja atualmente utilizando o PC dê o lugar para que o outro acesse. E isso pode ser feito de duas maneiras: fazendo logoff ou trocando de usuário.

Através da ferramenta de logoff e de troca de usuário é possível alternar entre a utilização de um usuário e outro, entre uma conta e outra. Contudo existe diferença entre o logoff e a troca de usuário.

[related_posts]

Ao fazer logoff

Quando se faz logoff, estamos encerrando a sessão do usuário. Em outras palavras, seria como se estivéssemos desligando o computador. Todos os programas e processos serão encerrados e os trabalhos não salvos serão perdidos.

Após o logoff, somos direcionados para a tela de login, e  caso entremos novamente na conta, será necessário esperar que os arquivos do sistema e demais programas carreguem novamente, da mesma maneira que acontece quando ligamos o computador.

Ao trocar de usuário

Quando trocamos de usuário, apenas suspendemos uma sessão para que outra seja iniciada. A conta continua ativa e todos os programas continuam abertos e em execução. É como se pausássemos uma conta para poder acessar outra.

Ao contrário do que acontece com o logoff, a troca de usuário mantém todos os programas e processos em execução rodando, o que possibilita um rápido retorno à conta anterior, sem que seja necessário esperar o Windows e outros programas carregarem para iniciar a utilização do computador.

Concluindo

Se você já terminou seu trabalho e vai passar o computador para outro usuário, pode fazer logoff. Mas se existe algum trabalho aberto ou não salvo e você vai passar o computador para outro utilizador, troque de usuário para não ter que recomeçar todo o trabalho que será perdido caso faça um logoff.