Testar se redirecionamento 301 está funcionando

Publicado em 23 novembro, 2011 / Atualizado em 12 de janeiro de 2016

Testes para verificar se o servidor responde o status 301, que é o de redirecionamento permanente

Por mais tenhamos cuidado na hora de criar páginas e posts de um blog ou site, pode surgir a necessidade de excluir um deles, seja por estar desatualizado ou por diversos outros motivos.

Neste caso, caso não desejemos gerar um erro 404, podemos fazer um redirecionamento 301 para uma página com conteúdo semelhante.

O redirecionamento 301 também é utilizado quando mudamos o domínio de um site, e ele informa aos buscadores que esse redirecionamento é permanente, ou seja, a antiga URL deixará de existir e todo pagerank passará para o novo domínio. Além da relação com os buscadores, o redirecionamento 301 serve para direcionar os visitantes para o novo endereço.

Confira um exemplo de código de redirecionamento feito em PHP:

<“?” Header( “HTTP/1.1 301 Moved Permanently” ); Header( “Location: http://www.novosite.com” ); “?”>

Obs.: O sinal de interrogação está entre aspas para evitar que o WordPress tente executar o código.

A melhor hospedagem para sites e blogs, conheça: Hostgator.

Se depois de implementar seu redirecionamento 301, ainda restar dúvidas se ele está realmente funcionando ou não, utilize a ferramenta para verificar se seu redirecionamento está funcionando, bem como dicas.

www.ragepank.com/redirect-check/ – Para verificar se o redirecionamento está funcionando, basta informar a URL a ser testada. O site fará o teste e retornará a resposta que foi dada pelo servidor. Nela, além de outras informações, você irá conferir se o redirecionamento 301 está funcionando ou não.

Outra função interessante é que o site disponibiliza códigos de redirecionamento personalizados para o domínio pesquisado. Ou seja, se seu redirecionamento não estiver funcionando corretamente, o site irá apresentar duas opções de redirecionamento 301, por htaccess e por PHP.