Taxa de juros no saque do cartão de crédito

Publicado em 14 maio, 2013 / Atualizado em 18 de maio de 2013

Além de dar crédito para comprar, os cartões de crédito oferecem um limite de saque pré-aprovado, que pode custar caro

É muito difícil encontrar hoje em dia alguma loja ou outro tipo de estabelecimento comercial que não aceite cartão de crédito. Mesmo assim, ainda é possível encontrá-los. Existem  estabelecimentos comerciais que só trabalham com pagamento à vista em dinheiro, ou seja, não vendem no cartão de crédito, no cheque nem na promissória, por exemplo.

Diante dessa situação, quem possui cartão de crédito e não tem dinheiro na mão ainda tem uma possibilidade a ser explorada: sacar dinheiro do cartão de crédito.

A maior parte das pessoas que possuem cartão de crédito não tem conhecimento que tem direito a um limite de crédito pré-aprovado concedido pelo emissor do cartão. Esse limite de crédito deve ser usado para realizar saques em dinheiro em caixas eletrônicos de agências bancárias e de bancos 24 Horas. Contudo, esse serviço deve ser usado com muita cautela, pois os juros e taxas cobradas podem ser bem elevados.

[related_posts]

Juros podem ser altos demais

O serviço de saque de dinheiro pelo cartão de crédito funciona como um empréstimo pré-aprovado, ou seja, que está a disposição do cliente e que pode ser utilizado a qualquer momento. O problema é que a taxa de juros cobrada costuma ser muito alta, deixando, talvez, o consumidor numa situação ainda mais complicada.

A taxa de juros varia de acordo com o banco ou financeira que emitiu o cartão. Em geral, ela costuma variar entre 8% e 18%, sendo muito mais alta do que outras modalidades de crédito.

Outras modalidades de crédito

O saque do cartão de crédito só deve ser usado nos casos em que não é possível solicitar outra modalidade de crédito, como em situações de emergência, por exemplo. Se a necessidade de dinheiro não for imediata, é interessante buscar outras maneiras de obter o dinheiro, seja através de empréstimo bancário, penhor de jóias ou qualquer outra que apresente uma taxa de juros menor.

Dessa maneira, além de resolver suas pendências e quitar suas dívidas, você estará pagamento menos juros, ou seja, perdendo menos dinheiro.