Suplementos inibidores de apetite

Publicado em

Conheça os benefícios e os riscos de usar inibidores de apetite

Prato de comida

Imagem ©: morgueFile.com

Por mais que algumas pessoas tentem comer menos, a sensação de falta de saciedade não as abandona, o que acaba resultando num descontrole alimentar, fazendo com que se consuma muito mais do que realmente o corpo precisa. Essa situação, aliada a diversos outros fatores, ocasionam o acúmulo de gordura e aumento de peso.

Para tentar solucionar esse problema, foi desenvolvido o suplemento inibidor do apetite. Os inibidores do apetite são produtos que têm como objetivo agir nas regiões cerebrais responsáveis por estimular o apetite. Essa ação normalmente se dá por meio de hormônios e anfetaminas que regulam o apetite, fazendo a pessoa sentir menos fome.

Os inibidores de apetite realmente funcionam, há relatos de pessoas que perderam vinte quilos associando seu uso a dietas e exercícios. Apesar de parecer a solução para o todos os problemas de sobrepeso, os inibidores de apetite são compostos perigosos e que só devem ser tomados sob a supervisão de um médico, pois as substâncias presentes em sua fórmula podem causar alterações não apenas no apetite, mas, também, no comportamento.

É comum relatos de irritabilidade, insônia e problemas de coordenação motora associados ao uso de inibidores do apetite. Em alguns casos, pode haver até o vício neste tipo de suplemento, pois as anfetaminas podem acabar viciando o paciente.

Os inibidores de apetite podem ser um aliado na dieta para emagrecer? Sim, podem. Com menos apetite, come-se menos, e com isso é possível perder peso. No entanto, só devem ser tomados com orientação médica, para afastar ou diminuir possíveis efeitos colaterais.