Score de crédito: como funciona, como consultar e aumentar seu score

Publicado em 13 janeiro, 2017

As instituições financeiras, bancos e lojas podem utilizar o score de crédito para auxiliar na decisão de conceder ou não crédito ao consumidor

A análise de crédito feita pelas instituições financeiras, bancos e lojistas tem por finalidade verificar a capacidade de pagamento do cliente, bem como a possibilidade de inadimplência futura.

Em outras palavras, antes de uma instituição conceder crédito, ela verifica diversos fatores afim de afastar uma possível inadimplência futura, que com isso poderia ter seu negócio prejudicado. Antes de achar que está sendo perseguido ou descriminado, basta o consumidor lembrar que ninguém quer perder dinheiro, e por isso ninguém vai sair concedendo crédito sem nem ao menos conhecer a capacidade de pagamento daquele que está buscando o crédito.

Outro ponto importante que deve ser lembrado é que nenhuma instituição financeira, banco ou empresa é obrigado a conceder crédito. Se após a análise de crédito deles uma solicitação for negada, o cliente não tem o direito de ir à justiça obrigar a instituição a conceder o crédito. Afinal o dinheiro é deles, eles concedem o crédito se acharem que é viável ou não para o seu negócio.

Leia também:

Como consultar SPC e SERASA?

A dívida pode caducar?

Como funciona o Score de crédito

O Score de crédito é uma métrica, obtida através de cálculos estatísticos, que mostra o risco que o consumidor apresenta de tornar-se inadimplente futuramente, ou seja, de não conseguir pagar o empréstimo, financiamento etc., resumindo, suas contas.

Ele leva em consideração diversas informações sobre o consumidor, a exemplo:

  • Registros no SPC e SERASA;
  • Faixa de renda;
  • Idade;
  • Grau de escolaridade;
  • Renda;
  • Tipo de emprego ou fonte de renda;
  • Estado civil;
  • Histórico de relacionamento com bancos e instituições financeiras;
  • Histórico de pagamento.

Com base nessas e em outras informações, o sistema automaticamente atribui uma pontuação a esse consumidor, que é o score de crédito.

Com o auxílio dessa informação e de outras que se fizerem pertinentes, a instituição decide se concede ou não o crédito, o valor do crédito, prazo e taxa de juros. Geralmente quem tem um bom score tem mais facilidade de obter juros mais baixos, já que teoricamente o risco de tornar-se inadimplente é menor.

Se o score for baixo, possivelmente o consumidor não conseguirá obter crédito, ou se conseguir, é muito provável que pague juros mais altos.

Gráfico representando o score de crédito

O score de crédito pode ser entendido como um gráfico, quanto mais alto o valor, maiores são as chances de conseguir crédito e taxas de juros menores.

Como consultar o score de crédito

Até algum tempo, o score de crédito não era conhecido pela maioria dos consumidores. Na medida em que essa ferramenta de análise de crédito se tornou mais popular, ficou mais fácil realizar consultas para que o consumidor descubra qual é o seu score de crédito, e se necessário tomar medidas para aumentá-lo, e com isso aumentar também suas chances de conseguir crédito.

Consulta paga

Na internet existem diversos sites que oferecem o serviço de consulta ao SPC e SERASA e também ao score de crédito. De maneira geral o preço dessa consulta não costuma passar de R$35,00.

Consulta grátis

Também é possível consultar gratuitamente seu score de crédito pela internet. Para isso, a Boa Vista Serviços disponibilizou em seu site o serviço de consulta grátis de score, bastando que o consumidor entre com dados como nome, endereço, CPF e telefone, e enviando uma cópia digitalizada do CPF ou CNH (carteira de motorista). O endereço para consulta é o seguinte: http://www.boavistaservicos.com.br/entenda-o-score/.

Outra forma de consultar seu score de crédito é solicitando à Boa Vista Serviços através do site consumidor.gov.br.

O que o score baixo pode causar?

Ter um score de crédito baixo pode significar ter dificuldade de conseguir crédito no mercado. Ou seja, quem possui um score de crédito abaixo do estabelecido pela instituição credora pode não conseguir financiamentos, empréstimos, cartão de crédito, cheque especial ou limite em bancos, por exemplo.

Vale lembrar que não basta apenas ter o nome limpo na praça para conseguir crédito. Mesmo estando com o nome limpo, mas com o score de crédito baixo, dificilmente o consumidor irá conseguir obter crédito.

Como aumentar o score de crédito

A pontuação do score de crédito é dinâmica, isso significa que ela é alterada automaticamente toda vez que alterações significativas ocorrem em seu cadastro. Existem algumas medidas que contribuem para aumentar o score de crédito. Confira algumas:

  1. Não ter dívidas registradas no SPC e SERASA.
  2. Pagar em dia suas contas.
  3. Atualizar seus dados junto ao SPC e SERASA.
  4. Não recorrer com frequência a empréstimos e financiamentos.
  5. Não solicitar ou consultar com frequência seu score (pode dar a entender que você está buscando crédito em vários lugares e não está conseguindo).
  6. Se tiver dívidas negativadas (SPC e SERASA), quitá-las o quanto antes.
  7. Pagar contas, prestações ou financiamento antecipadamente (isso pode demonstrar aumento na capacidade financeira).
  8. Realizar investimentos em instituições financeiras e bancos. O fato de você estar aplicando dinheiro pode demonstrar capacidade financeira e baixo risco de inadimplência.
  9. Ter capacidade de comprovar renda, bem como estabilidade financeira (emprego fixo com boa remuneração, negócio próprio regular e resultados financeiros positivos, por exemplo)
  10.  Ter paciência. Quem esteve com o nome negativado, ou como o “nome sujo” recentemente, o simples fato de pagar as dívidas não vai fazer o score voltar ao que era antes. É necessário tempo para que o mercado volte a confiar naquele que a pouco tempo estava com dívidas atrasadas