Revisar carro antes de viajar aumenta a segurança

Publicado em 7 dezembro, 2012 / Atualizado em 7 de dezembro de 2012

Fazer revisão no carro antes da viagem garante tranquilidade e segurança

O planejamento da viagem é um passo importante para garantir a tranquilidade nos dias de férias, seja para evitar surpresas desagradáveis, seja para aproveitar melhor cada momento da viagem.

Além dos diversos cuidados que devemos ter ao planejar e organizar uma viagem, um dos pontos principais, para quem vai viajar de carro próprio, é o estado de conservação do veículo. Por esse motivo, antes sair de vagem é muito importante fazer uma revisão de viagem no carro.

A revisão antes da viagem tem como objetivo não apenas evitar panes durante o percurso, mas, principalmente, garantir a segurança de todos os ocupantes do veículo. Direção, freio, motor, embreagem e sistema elétrico devem ser revisados e peças substituídas, se necessário.

Como nem todos os motoristas entendem de mecânica, nossa equipe montou uma lista dos principais itens que são revisados durante a revisão para a viagem, que nada mais é do que uma manutenção preventiva.

Itens a revisar

  • Pneus – Devem ser verificados o nível de desgaste e a calibragem dos mesmos. Pneus com muito desgaste tendem a ter menos aderência ao solo e aumentam o risco de derrapagens. Sob chuva, o pneu careca aumenta as chances de ocorrer a aquaplanagem, que a flutuação do carro sobre a água. Ambas as situações oferecem grande risco de ocorrer acidentes. No caso de pneus descalibrados, há perda de estabilidade, desgaste excessivo e aumento no consumo de combustível.
  • Água do radiador e sistema de arrefecimento – Esse sistema é importante para manter estável a temperatura do motor. Por esse motivo, é importante sempre usar aditivo para radiador e revisar as peças do sistema de arrefecimento.
  • Sistema elétrico – As peças elétricas devem revisadas, sobretudo as de sinalização. Lâmpadas e circuitos elétricos devem ser verificadas. Uma atenção especial deve ser dada às lâmpadas, tanto as do farol quanto das lanternas, pois elas servem para sinalizar frenagem, curvas e manobras, diminuindo o risco de acidentes por colisão.
  • Troca de óleo e fluídos – Os fluídos usados nos carros devem ser rigorosamente trocados em dia, caso contrário, as peças que dependem deles sofrerão desgaste prematuro, podendo, em alguns casos, a deixar o carro na estrada. Por isso, deve-se verificar o nível do óleo do motor, fluído de freio, fluído da direção hidráulica e óleo do câmbio.
  • Itens de segurança – Os equipamentos de porte obrigatórios devem ser levados no carro não por obrigação legal, mas por serem importantes para garantir a segurança do motorista e do veículo. Macaco, chave de roda, triângulo e extintor devem estar dentro do veículo. No caso do extintor, deve ser verificada a validade e a pressão carga do mesmo. Portando esses equipamentos, além de evitar levar uma multa de trânsito, você estará garantindo mais segurança.
  • Sistema de freio – Fluído, disco e pastilhas são os principais itens a serem revisados no sistema de freio, mas uma análise mais ampla é sempre bem vinda, afinal estamos falando de freios.
  • Sistema de ignição – Como é fácil fazer a verificação, peça ao mecânico para conferir o estado da bobina, cabo e vela de ignição. Elas só fazem o carro te deixar na mão em casos extremos, mas quando estão com defeito causam perda de potência e aumento no consumo de combustível.
  • Limpador de para-brisa – Em algumas rodovias ou estradas a poeira pode sujar bastante o para-brisa do carro, chegando a prejudicar a visão em alguns casos. Manter sempre cheio o reservatório do limpador e com algum tipo de detergente ajuda bastante na hora limpar e remover a sujeira do para-brisa.