Portabilidade dos planos de saúde

Publicado em 17 abril, 2013 / Atualizado em 21 de janeiro de 2016

A portabilidade de planos de saúde permite a mudança de plano sem o cumprimento de nova carência

O plano de saúde é contratado para ser uma segurança e garantia de atendimento em casos de problemas de saúde que por ventura venham a acontecer no futuro. Com ele, você estará garantindo que terá um tratamento adequado caso venha a ficar doente ou se acidentar, sem precisar correr para conseguir dinheiro para pagar o tratamento, exames e consultas médicas.

Todo plano de saúde possui um período de carência, que é o período no qual o cliente paga o plano mensalmente mas ainda não tem direito de utilizá-lo. O tempo de carência varia de acordo com o procedimento médico a ser feito.

Por exemplo, consultas e exames de laboratório costumam ter carência de 30 dias, enquanto ressonâncias magnéticas podem ter carência de 6 meses. Geralmente, quanto mais complexo e caro é o procedimento, maior é o tempo de carência.

Atualmente existem no Brasil muitas operadoras de plano de saúde, cada uma tem suas características próprias, como área geográfica de abrangência, rede de atendimento (clínicas, hospitais, consultórios etc.), valor das parcelas, dentre outras. Essa realidade faz com que alguns planos sejam muito bons para alguns clientes, enquanto que para outros possa deixar a desejar em algum ponto.

Os clientes de planos de saúde que estiverem insatisfeitos com os serviços prestados, ou que tomaram conhecimento de outro que ofereça mais vantagem, podem mudar de plano, se beneficiando da portabilidade de  carência.

[related_posts]

Portabilidade de carência

A portabilidade consistem na troca de plano de saúde isentando o cliente de cumprir uma nova carência. Em outras palavras, se o cliente de uma determinada operadora de plano de saúde estiver insatisfeito e desejar contratar outro plano de saúde, a carência cumprida no plano antigo será válido para o novo plano. Ou seja, não é preciso cumprir a carência novamente.

Contudo, é importante consultar quais são os planos compatíveis com o seu, para que seja possível fazer a portabilidade. Além disso, a portabilidade só pode ser requerida após 4 meses da contratação do plano.

A lista de planos compatíveis e informação sobre procedimentos podem ser acessadas no Guia ANS de plano de saúde. Mais informações podem ser acessadas em: http://www.ans.gov.br.