Parar em fila dupla é infração e gera multa

Publicado em 6 fevereiro, 2013 / Atualizado em 13 de agosto de 2013

Apesar de comum nas ruas, parar em fila dupla é infração de trânsito, gera multa e perda de pontos na carteira

A maioria das cidades brasileiras cresceram sem nenhum tipo de planejamento, principalmente no que diz respeito ao trânsito, às ruas e avenidas, resultando geralmente em ruas estreitas, sem passeio, cruzamentos sobrecarregados etc.

Aliado a essa realidade, o aumento na quantidade de carros em circulação, incentivado principalmente pela facilidade de financiamento de veículos novos, fez com que achar uma vaga para estacionar no centro das cidades se tornasse uma tarefa quase tão difícil quanto acertar na loteria. Isso explica porque é tão comum darmos voltas e mais voltas no quarteirão em busca de uma vaga para estacionar.

Carro em fila dupla
Apesar de ser pratica comum, parar ou estacionar em fila dupla é infração de trânsito.

Em meio a isso, uma prática tem se tornado cada vez mais comum tanto nas grandes quanto médias cidades, o estacionamento ou parada em fila dupla.

Estacionar ou parar em fila dupla significa posicionar o carro ao lado de outro que está estacionado corretamente, causando uma obstrução parcial da via.

Apesar de ser algo já comum de ser visto nas ruas e avenidas das cidades, parar ou estacionar em fila dupla é uma infração de trânsito, que gera multa e perda de pontos na carteira de habilitação.

Este tipo de infração é considerada grave, gerando multa de R$ 127,00 e o motorista perde 5 pontos na carteira.

Sendo assim, por mais difícil que seja encontrar uma vaga para parar ou estacionar, é importante não parar em fila dupla, pois além de correr o risco de ser multado, está causando transtorno para os outros motoristas que tem sua faixa parcialmente obstruídas, além de aumentar as chances de provocar um acidente de trânsito, geralmente do tipo colisão traseira. Outra coisa importante é saber a diferença parar e estacionar o veículo.