Operações ativas, passivas e acessórias dos bancos

Publicado em

Descubra quais são as operações ativas, passivas e acessórias das instituições bancárias

Os bancos tem uma participação ativa na vida de toda a sociedade. Seja empresa privada, órgãos públicos e pessoas físicas, todos de uma maneira ou outra necessitam dos serviços oferecidos pelas instituições bancárias, seja para o pagamento de contas, abertura de contas, contratação de financiamento, empréstimos e muitos outros serviços.

São muitos os serviços oferecidos pelos bancos, e em muitos casos certas operações só podem ser feitas através da intermediação de uma agência bancária, como a transferência de dinheiro entre contas, por exemplo.

Para os clientes bancários, é importante saber as taxas de juros cobradas, os serviços oferecidos e as vantagens que se pode obter ao se tornar cliente de um determinado banco. Contudo, por outro lado, quem trabalha ou pretende trabalhar em bancos deve possuir um conhecimento ainda maior, para poder atender os clientes de maneira satisfatória. Por esse motivo, principalmente para quem vai prestar concurso para bancos, é importante saber, pelo menos, as principais atividades e serviços prestados pelos bancos.

Um tema que é bastante comum em provas de concursos diz respeito às operações exercidas pelos bancos, que dividem-se em operações ativas e operações passivas. É comum vermos nas definições de banco essas expressões, que geralmente deixam em dúvida os estudantes que irão tentar uma vaga no concurso público.

Normalmente o lucro dos bancos resultam da diferença entre as operações passivas e ativas.

Para não se atrapalhar mais, confira abaixo quais são as principais operações ativas e passivas executadas pelos bancos.

Operações ativas

As operações ativas são aquelas em que o banco oferece crédito aos clientes, ou seja, aquelas em que a instituição bancária empresta dinheiro. São elas:

  • Abertura de crédito, simples e em conta-corrente;
  • Desconto de títulos;
  • Concessão de crédito rural;
  • Concessão de empréstimo para capital de giro;
  • Aplicações (próprias) em títulos e valores mobiliários;
  • Depósitos interfinanceiros;
  • Operações de repasses e refinanciamentos
  • Concessões de financiamentos de projetos do Programa de Fomento à Competitividade Industrial.

Operações passivas

As operações passivas são aquelas em que os clientes deixam seu dinheiro sob responsabilidade ou administração dos bancos, seja depositando em conta, investindo em CDB etc.

  • Depósitos a vista (de pessoas físicas ou jurídicas);
  • Depósitos a prazo fixo (de pessoas físicas ou jurídicas);
  • Obrigações contraídas no país e no exterior relativas a repasses e refinanciamentos;
  • Emissões de certificados de Depósitos Interfinanceiros (CDIs).

Operações acessórias ou especiais

As operações tidas como acessórias ou especias geralmente são aquelas em o banco atua como intermediador entre duas pessoas, sejam físicas ou jurídicas.

  • Operações de câmbio;
  • Custódia de títulos e valores;
  • Prestação de fianças e outras garantias;
  • Operações compromissadas (de mercado aberto ou open market)
  • Compra e venda no mercado (físico) de ouro;
  • Administração de fundos de investimentos.

Compartilhe: