Ideias e dicas de como fazer promoção no seu negócio

Publicado em 15 março, 2016 / Atualizado em 16 de março de 2016

As promoções são ferramentas importantes para qualquer tipo de negócio, independentemente de seu objetivo ser obter capital, divulgar sua marca ou mesmo manter sua posição no mercado.

Administrar um negócio exige estar atento a diversas variáveis que podem influenciar tanto negativamente quanto positivamente.

A partir da análise dessas variáveis, o gestor do negócio deve tomar decisões para mudar uma realidade, transformá-la ou criar oportunidade para que uma previsão se torne uma realidade. A promoção é um exemplo de ferramenta capaz de realizar essas três situações citadas.

Uma ferramenta muito utilizada por empresas de diversos segmentos, sejam atuantes no mundo físico ou em ambiente virtual, são as promoções. Promoções são maneiras diferenciadas, criadas por período determinado, para que os consumidores adquiram produtos ou contratem serviços.

Os objetivos que norteiam a criação de uma promoção são os mais diversos possíveis, por isso é difícil decidir, por exemplo, se uma campanha promocional criada por um concorrente foi bem-sucedida sem saber qual foi o objetivo da empresa ao criá-la.

Como é difícil ou praticamente impossível determinar qual a melhor promoção sem ao menos saber qual o público-alvo a mesma deve atingir, listamos abaixo diversas dicas que podem servir como ponto de partida para a reflexão sobre qual a melhor estratégia deve ser seguida para a criação de uma promoção para seu negócio.

Promoção
Muitas vezes oferecer conforto, segurança ou diversão pode trazer melhores resultados do que apenas desconto nos preços.

Como fazer uma promoção

1. Defina seu objetivo com a promoção

a) Levantar capital
b) Promover sua marca
c) Divulgar seu negócio
d) Aumentar sua participação no mercado
e) Apresentar um produto novo, diferenciado
f) Estimular a compra de outro produto, acessório ao divulgado na promoção

2. Defina o tipo de promoção

a) Frete grátis (loja online ou lojas de produtos de grandes dimensões).
b) Desconto que acordo com a forma de pagamento (pode ser resultado de parceria com bancos, administradoras de cartão, financeiras etc.).
c) Desconto para pagamento à vista.
d) Comprando a partir de certa quantidade, leve mais grátis.
e) Dependendo do valor da compra, ganhe um brinde.
f) Desconto específico para uma linha de produto ou marca (pode ser o resultado de parceria com indústrias e fornecedores).

3. Defina seu público-alvo

a) Novos clientes
b) Cliente recorrentes (que compram com certa frequência)
c) Clientes não recorrentes (já compraram uma vez e não retornaram)
c) Consumidores de acordo com aspectos demográficos (sexo, idade, escolaridade, faixa de renda, localização geográfica, formação acadêmica, área de atuação profissional etc.)

4. Escolha o momento certo

Promoções são bastante comuns em datas como natal, dia das mães, dia das crianças etc. Geralmente essas e outras datas comemorativas se aplicam praticamente a quase todos os segmentos do mercado.

No entanto, dependendo do seu público-alvo, avalie se existe outra data que possa ser interessante, principalmente se seus concorrentes ainda não perceberam que ela é realmente uma boa data para fazer promoções. Por exemplo, se você trabalha com manutenção de automóveis, uma época interessante para fazer uma promoção é quando é anunciado aumento nos combustíveis.

5. Seja criativo

A maioria das promoções tem como base a diminuição de preços. Por mais que esse seja um bom argumento para atrair clientes, nem sempre é a que oferece mais benefícios para a empresa, principalmente no médio e longo prazo, pois ele não tem o poder de reter os clientes.

Neste sentido, elabore promoções que ofereçam outras vantagens: ganhar outro produto, receber desconto nas próximas compras, ter acesso gratuito a serviços que não são gratuitos, por exemplo. Em outras palavras, em vez de oferecer vantagens financeiras, ofereça conforto, segurança, diversão etc.

Essas foram dicas genéricas, uma vez que é impossível dar dicas direcionadas sem conhecer muito bem o negócio. Mas poderão ajudá-lo a refletir sobre sua realidade e tomar decisões mais acertadas.