Como escolher qual computador comprar pelos comerciais de TV

Publicado em 11 maio, 2013

Além de capacidade de HD e quantidade de memória, é interessante conferir as demais configurações do PC

Com a fabricação em grande escala de componentes e peças para computador, a exemplo de hardwares como processadores, placas-mães, placas de memória, discos rígidos etc., a produção e oferta de computadores montados aumentou muito nos últimos anos, o que também fez com que seu preço diminuísse bastante.

Computadores montados são aqueles que já vem pronto, com a CPU fechada, onde não é possível o consumidor escolher a marca ou especificação dos componentes internos.

As grandes empresas varejistas do Brasil fazem grandes campanhas de venda nos mais diversos meios de comunicação. A televisão, sobretudo, é a principal ferramenta utilizada pelas lojas para anunciar seus computadores baratos e com “muitos gigas e megas”.

Na verdade, essa é uma das principais armas usadas nos comerciais de TV: anunciar computadores com muitos gigas de HD e memória. Mas afinal, um bom computador se resume apenas a isso? A respostas é não. Não que os computadores baratos não sejam bons. Na realidade, para a maioria dos consumidores eles são mais do que suficientes, já que nem todo mundo precisa de muito poder de processamento ou desempenho gráfico.

[related_posts]

A grande questão é que os comerciais chamam muita atenção apenas para Hd e memória, como se o restante da máquina não fosse tão importante. Enquanto que na realidade, capacidade de armazenamento e quantidade de memória são uma das coisas mais fáceis de aumentar num computador.

Questões mais importantes, como qualidade e especificações da placa-mãe, poder de processamento e tecnologia dos processadores, interface e poder da GPU da placa de vídeo, por exemplo, não são revelados, dando a falsa sensação de que os computadores anunciados são super computadores, o que na maioria das vezes não é verdade.

Os computadores montados são bons?

Sim e não. A respostas vai depender da necessidade de cada um. Se o computador for ser usado para tarefas simples, como navegar na internet, fazer trabalhos escolares ou jogar jogos leves, eles servem perfeitamente. No entanto, eles podem não servir para quem trabalha com edição gráfica, programas CAD ou para jogos muito pesados, por exemplo. Nestes casos, é necessário computadores mais robustos, com maior poder de processamento.

Compre de acordo com sua necessidade

Não se deixe levar pelos  gigas de HD e memória apresentados nos comerciais de computadores veiculados na televisão. É importante analisar a configuração do computador como um todo, para a partir daí ter certeza de que aquela máquina atende ou não suas necessidades.