Eficiência, eficácia e efetividade

Publicado em 3 julho, 2014 / Atualizado em 6 de outubro de 2014

Conheça a diferença entre os indicadores de desempenho eficiência, eficácia e efetividade

Mesmo quem não é Administrador ou estudante de administração de empresas sabe que uma empresa ou uma organização, seja ela pública ou privada, existe para desenvolver uma determinada atividade, que por consequência tem como finalidade o alcance de objetivos.

Mas como saber se determinado objetivo foi alcançado ou não, como saber se a organização e seus colaboradores conseguiram alcançar os objetivos ou fazer as coisas certas. Em outras palavras, como saber se toda a equipe foi eficiente, eficaz e efetiva na realização de suas tarefas?

Existem diversos indicadores de desempenho, cujo objetivo é avaliar se realmente tudo foi feito como planejado e se o objetivo proposto foi alcançado. O grupo de indicadores de desempenho de resultados é formado pela análise da efetividade, eficiência e eficácia.

Como possuem escrita muito semelhante, e de certo modo até seu siginificado, é comum surgirem dúvidas sobre a diferença entre esses indicadores. Para acabar com a confusão, confira o texto abaixo.

As melhores apostilas para concurso público, conheça: Apostilas Opção.

Diferença entre eficiência, eficácia e efetividade

Eficiência

A eficiência está relacionada com o fazer direito aquilo que deve ser feito, com as atividades necessárias e com o consumo adequado de recursos (dinheiro e tempo, por exemplo).

Exemplo: Se um professor passar para seus alunos  todo conteúdo necessário para passar em um vestibular ou concurso no prazo previsto, ele foi eficiente.

Eficácia

A eficácia diz respeito a fazer a coisa certa, ou seja, está mais relacionada ao objetivo, ao resultado final esperado.

Exemplo: Se o professor em questão conseguiu fazer com que seus alunos aprendessem tudo aquilo que foi passado, ele foi eficaz, pois o objetivo dessa atividade é ensinar aos alunos.

Efetividade

Já a efetividade está relacionada com a capacidade de mudar uma realidade, com a capacidade de atender a determinada expectativa. Alguns autores consideram a efetividade a soma da eficiência e da eficácia

Exemplo: Continuando com o exemplo do professor, podemos dizer que seu trabalho foi efetivo se seus alunos conseguiram atingir seus objetivos, seja ele passar no concurso ou no vestibular.

Lembre-se de que é possível alguém ser eficiente sem ser eficaz e ser eficaz sem ser eficiente, isso vai depender da análise desses indicadores de desempenho.