Diferença entre driver e drive

Publicado em 22 janeiro, 2012 / Atualizado em 12 de janeiro de 2016

Saiba o que difere driver de drive

Descubra a diferença entre driver e drive
Isso é um drive de CD e não um driver de CD

Aqui no blog já foram apresentados diversos programas para a atualização de drivers. Mas quando o drive dá problema, será que é possível resolver atualizando o driver? Ficou confuso, não é mesmo? Essa foi uma brincadeira para chamar a atenção para a diferença entre driver e drive.

É bastante comum vermos pessoas, principalmente aquelas pouco familiarizadas com informática, chamando driver de drive e drive de driver. Isso não é nenhum crime, afinal de contas os nomes são muito semelhantes, o que justifica a confusão.

No entanto, não podemos continuar confundindo, pois cada termo se refere a coisas completamente diferentes.

Qual a diferença entre driver e drive?

De maneira prática e fácil de entender, confira abaixo uma explicação.

Driver – pode ser entendido como sendo um programa usado exclusivamente pelo sistema operacional para poder enviar e traduzir informações recebidas do hardware do computador. Sua função é estabelecer uma comunicação entre o software (Windows ou qualquer outro programa) e o hardware, a parte física do computador (placa de vídeo, placa mãe etc.).

Por esse motivo, é comum algum dispositivo de hardware não funcionar enquanto o driver correto não for instalado. É como se o sistema operacional não soubesse como utilizar tal dispositivo, precisando de um manual, uma guia, que seria o driver.

Drive – é um componente pertencente ao grupo dos periféricos (assim como teclado, mouse etc.). Geralmente, quando falamos em drive, estamos nos referindo a unidade capazes de fazer leitura e gravação de dados em discos ópticos, como os combos, gravadores e leitores de CD, DVD e Blu-Ray. Por isso, o correto é “drive de CD” e não “driver de CD”.

Para reforçar, driver é um componente lógico, enquanto drive é um componente físico.