Dicas para comprar com segurança pela internet, em lojas virtuais

Publicado em 30 agosto, 2012 / Atualizado em 22 de janeiro de 2016

Dicas e orientações para comprar com segurança em lojas virtuais e evitar golpes online

Os negócios online estão em crescimento há bastante tempo. É cada vez maior o número de lojas que estão apostando nas vendas pela internet, seja de serviços ou de produtos. Esse crescimento é impulsionado pela, também crescente, demanda. Ou seja, os consumidores estão comprando mais pela internet, estão se adaptando ao processo de compra online, e cada vez mais confiando nos meios que fazem isso possível.

No entanto, o consumidor não pode abusar dessa confiança, pois da mesma maneira que é fácil comprar pela internet, também é fácil ter prejuízos, pois os criminosos estão acompanhando esse crescimento e estão se adaptando às ferramentas de proteção utilizadas tanto pelas lojas virtuais quanto pelos usuários, e até mesmo pelos bancos.

Vamos listar alguns procedimentos e dicas que devem ser adotados ao fazer compras pelas internet, em lojas ou shoppings virtuais. Essas informações tratam de questões relacionadas à loja virtual e ao computador do consumidor.

Vamos lá!

Dicas e procedimentos para comprar com segurança na internet

No seu computador

1. Mantenha seu computador protegido: mantenha seu programa antivírus sempre atualizado e faça varreduras periódicas. Outra boa opção para reforçar a segurança é utilizar um firewall para bloquear invasões.

2. Evite digitar sua senha em computadores públicos, como em lan houses: De preferência não abra e-mails que contém dados sigilosos em lan houses ou computadores públicos. Caso necessite abrir seu e-mail em computadores públicos, criei um e-mail secundário, para assuntos não muito importantes. Assim você poderá fazer a separação: assuntos não importantes estão no e-mail “A”, e eu poderei abrir em qualquer computador Assuntos importantes estão no e-mail “B”, que eu só abro no computador de casa ou outro confiável.

O mesmo vale para qualquer outro tipo de senha, além da do e-mail.

3. Utilize senhas seguras: evite usar data de nascimento, nome de ruas, placa de carro, número de RG, CPF ou qualquer outro número que esteja vinculado a você. De preferência, utilize senhas que misturam letras, números e caracteres especiais. Veja um exemplo:

Senha fraca: 1357911

Senha forte: af6r23sdfr

Lembre-se: alguns sistemas de senha são case sensitive, ou seja, diferenciam letras maiúsculas de minúsculas. Existem sistemas que permitem, também, a utilização de caracteres especiais como: “!@#$%¨&*()_+, isso ajuda a tornar sua senha mais forte.

4. Utilize mais de uma conta de e-mail: a conta de e-mail que você usar para cadastrar-se no banco e para fazer compras Carrinho de comprasnão deve ser a mesma que você utiliza para se comunicar com amigos e parentes em redes sociais, chats ou comunicadores instantâneos, como o MSN, por exemplo.

5. E-mails desconhecidos: nunca abra e-mails enviados por desconhecidos. Se abrir não clique em nenhum link que estiver na mensagem, pois você estará correndo o risco de instalar um vírus ou outro programa malicioso no seu computador. Além disso, mesmo que o link não possua vírus, ele pode direcionar para uma página clonada para roubar senha, como páginas de bancos, por exemplo.

[related_posts]

Na hora de comprar

1. Conheça melhor o vendedor: Pesquise sobre a loja na qual deseja comprar. Utilize o Google para buscar informações em sites, blog e fóruns. Vale a pena pesquisar também no site reclameaqui.com.br.

2. Atenção com o domínio: dê preferência a comprar em lojas cujo domínio é o .com.br, pois para registrar estes domínios é necessário fornecer informações importantes, como o CNPJ, por exemplo. Os domínios .com.br já podem ser registrados por pessoas físicas, através do CPF. Mesmo assim, ainda é mais seguro que domínios internacionais, como o .com ou .net, pois esses podem ser registrados com dados anônimos.

3. Verifique se o CNPJ existe: vá até o site da Receita Federal e consulte para certificar-se de que o CNPJ existe e é realmente da loja na qual deseja comprar.

4: Endereço físico: com o número da loja em mãos, ligue e confira como será o atendimento, faça perguntas sobre a localização, pontos de referência etc. Preste atenção ao comportamento da pessoa que lhe atender, perceba se ela fala corretamente e não utiliza gírias.

5. Verifique o domínio do site: no site do registro.br há uma ferramenta para verificação de propriedade de domínios. Verifique se o domínio da loja virtual está registrado pelo CNPJ da empresa. Domínio é o endereço do site, por exemplo: gigaconteudo.com.

6. Ambiente seguro: só compre em lojas que forneçam ambiente seguro para a inserção de dados pessoais, como nome, CPF e número de cartão, por exemplo. Ambientes seguros utilizam o protocolo HTTPS em vez de HTTP. Por exemplo: https://endereçodaloja.com.br

7. Conheça seus direitos: No site do Ministério da justiça é possível diversas publicações e indicações de sites nos quais é possível obter todo tipo de informação sobre os direitos do consumidor, tanto para compras virtuais quanto físicas.

8. Sua privacidade: leia os termos da política de privacidade do site. Se não concordar com algo, entre em contato e peça explicações.

9. Devolução ou troca: confira a política de devoluções e trocas adotada pela empresa. Isso é importante para não ficar na mão em casos de troca ou devolução de produtos.

10. Média de preço: desconfie de lojas que oferecem produtos muito baratos. Antes de fechar uma compra, faça uma pesquisa e verifique se o preço está na média de mercado. Muitas lojas falsas tentam convencer o cliente a comprar através de ofertas e preços muitos baixos. Não compre por impulso, apenas por ter visto uma oferta tentadora. Sempre pesquise.

11. Estrutura do site: desconfie de sites que apresentem problemas e erros durante o processo de compra. Esses erros podem indicar falhas de programação e possíveis brechas na segurança.

12. Sempre exija nota fiscal: ela é sua prova de compra caso o produto apresente defeitos.

Seguindo essas dicas você terá mais segurança na hora de fazer compras pela internet.

Boas compras!