Dicas de como fazer ultrapassagens com segurança

Publicado em

Conheça atitudes que garantem segurança nas ultrapassagens

 

Ser bom motorista não é saber correr ou apenas conseguir ter controle do carro em situações em que o veículo está descontrolado. Bom motorista é, acima de tudo, aquele que dirige com educação, tem conhecimento e respeita as leis de trânsito e tem cautela e paciência ao estar dirigindo um veículo, tomando o máximo de cuidado para evitar acidentes.

Por falar neles, os acidentes, uma prática que causa muitas tragédia nas estradas brasileiras é a ultrapassagem indevida. São contabilizados milhares de acidentes anualmente que poderiam ser evitados se o motorista tivesse feito a ultrapassagem da maneira, no local e no momento adequado.

Neste artigo vamos dar algumas dicas para fazer ultrapassagens de maneira segura, tanto para quem vai fazê-la quanto para quem está vindo em sentido contrário. Pois, infelizmente, quem está vindo certo, em sentido contrário, pode ser atingido por um motorista irresponsável que está fazendo uma ultrapassagem indevida.

 

Preste atenção às faixas

Conhecendo ou não a rodovia, sempre respeite as faixas que dividem a pista. Elas foram colocadas ali porque estudos foram feitos e determinaram se o trecho oferece ou não segurança para que ultrapassagens sejam feitas. Faixas contínuas dos dois lados indicam que os motoristas de ambos os sentidos não podem ultrapassar.

Dicas para fazer ultrapassagens com segurança

Imagem: Dani Simmonds / morgueFile.com

Se a contínua estiver em apenas uma das faixas, indica que os veículos que estão naquela faixa não devem ultrapassar. Se a faixa for tracejada nos dois sentidos, veículos em ambas as faixas podem ultrapassar, se apenas uma delas for tracejada, apenas os veículos que estiverem nela podem fazer ultrapassagens.

Ultrapasse pela esquerda

Sempre ultrapasse pela esquerda, caso a via possua apenas duas faixas de sentidos contrários. Ultrapassagens pela direita (pelo acostamento), além de serem proibidas, aumentam o risco de acidentes, pois o motorista que está sendo ultrapassado pode não estar esperando por isso e tentar parar o carro no acostamento no momento da ultrapassagem. Além disso, também há o risco de atropelamento de pedestres, animais ou de veículos parados no acostamento.

Mantenha distância

Mantenha uma distância segura do carro da frente. Enquanto estamos nos preparando para uma ultrapassagem, é possível que prestemos mais atenção no trânsito em sentido contrário do que no carro da frente. Dessa maneira, no caso de o carro da frente frear bruscamente ou reduzir muito sua velocidade, há o risco de colisão. Normalmente, a distância equivalente a outro veículo entre você e o carro da frente já dá uma boa margem de segurança.

Sinalize

Sempre sinalize a ultrapassagem. Segundos antes de começar a ultrapassagem, ligue a seta para sinalizar suas intenções e dê sinal de luz para que o carro da frente perceba sua presença. Após isso, verifique pelo retrovisor se os carros que estão atrás perceberam sua intenção e faça a ultrapassagem. Isso é importante para evitar que dois carros tentem uma ultrapassagem ao mesmo tempo. Depois de passar o carro da frente, ligue novamente a seta indicando que você irá voltar para a faixa.

Marcha certa

Use a marcha correta. No caso de carros com cambio automático, geralmente eles possuem um sistema chamado de “overdrive”, que quando pressionado reduz a marcha para que o motor responda mais rapidamente, o que é indispensável para uma ultrapassagem. No caso de câmbio manual, é necessário fazer a redução da marcha. Se estiver numa quinta marcha, é necessário reduzir para a quarta ou terceira. Isso vai depender de diversos fatores, como peso (passageiros, carga etc.), motorização, nível da rodovia (aclive ou declive). Se o carro possuir conta-giros, ele pode ser usado como parâmetro para a escolha da marcha. Neste caso, pode elevar a rotação do motor até próximo ao máximo.

De olho na pista

Apesar de as faixas indicarem se é seguro ultrapassar ou não. Sempre preste atenção em curvas e subidas de ladeiras, pois nestas condições, fica difícil identificar se vem outro veículo em sentido contrário ou não. Nunca faça ultrapassagens em curvas ou em aclives (subidas).

Tenha calma

Mantenha-se calmo, tenha paciência e respeite os outros motoristas. Dois motoristas “esquentados” no momento de ultrapassagem podem acabar provocando um acidente, pois normalmente, um não vai querer dar passagem para o outro.

Seja humilde

Não sinta vergonha por não conseguir ultrapassar. Se você tentar e ver que não dá, reduza a velocidade e volte para trás do veículo que vai à frente. Isso é bem melhor do que “forçar a barra” e acabar colidindo com o veículo que vem e sentido contrário.

Essas foram as dicas que preparamos. Se você conhece alguma que não foi informada aqui, compartihe conosco deixando um comentário.


Compartilhe: