Dica para evitar que crianças pequenas engulam moedas

Publicado em 17 fevereiro, 2016

Sendo frequentemente esquecidas em roupas e em cima de móveis, as moedas são um dos principais objetos engolidos pelas crianças

Nos primeiros meses de vida, sobretudo quando os bebês já possuem equilíbrio para sentar-se e firmeza para engatinhar e pegar objetos, começa uma das fases que exige dos pais monitoramento constante das atividades da criança, a fase de levar tudo à boca.

Nos primeiros meses e até anos de vida, as crianças usam a boca para conhecer o mundo ao seu redor, qualquer objeto novo que chega ao seu alcance é levado à boca como uma maneira de conhecer esse novo objeto, suas características, formas, texturas etc.

Como se trata de crianças com pouquíssima idade, que ainda não tem total controle sobre seu próprio corpo, é bastante comum que pequenos objetos acabem sendo engolidos, podendo oferecer graves riscos à saúde da criança.

Dentre os objetos que mais causam acidentes entre os pequenos estão as moedas. Por serem pequenas e de fácil manuseio, elas são facilmente levadas à boca e devido a seu tamanho também são facilmente engolidas.

Moedas
Quando se tem criança pequena em casa, é importante tomar cuidado para que moedas não fiquem esquecidas e em locais de fácil acesso.

Como diminuir risco de acidente com moeda

Como sabemos, nem sempre brigar com as crianças resolve problemas ou evita que elas voltem a fazer algo de errado. Muitas vezes, o incentivo e a recompensa por ter feito algo correto tem efeitos mais consistentes.

No caso das moedas, uma dica interessante para os pais é comprar um porquinho, ensinar a criança a guardar moedas dentro dele e sempre parabenizá-la quando ela o fizer. Podemos começar da seguinte maneira:

Apresente o porquinho à criança. Em seguida, coloque algumas moedas nele de maneira que a criança possa ver como você faz. Depois entregue algumas moedas à criança e peça que ela lhe ajude a guardar as moedas.

Repita esse processo até perceber que a criança já entendeu que lugar de moeda é no porquinho.

Para se certificar que ela realmente aprendeu que lugar de moeda é no porquinho e não na boca, deixe algumas moedas próximas de locais onde a criança costuma brincar, sempre observando de perto, e perceba se ao encontrá-las a criança as leva para o porquinho.

Todo cuidado é pouco

Mesmo que seu filho já entenda que lugar de moeda é no porquinho, o ideal é que moedas não fiquem espalhadas pela casa, pois numa brincadeira a criança pode se distrair e acabar engolindo uma ou até mais moedas.

Se a criança engoliu uma moeda o que fazer?

Se a criança acabar engolindo uma moeda, não tem jeito, ela deve ser levada imediatamente ao médico, sobretudo se houver indicação de que a moeda possa estar obstruindo as vias respiratórias.

Caso a moeda tenha ido parar no estômago, em geral os médicos não fazem nenhuma intervenção imediatamente. Costuma-se deixar a moeda no organismo da criança e observá-la pode cerca de dois dias, para se certificar de que a moeda será eliminada ou não nas fezes.

Caso ela seja eliminada, ótimo, a moeda não causou maiores problemas, apenas um susto. Caso ela não seja eliminada nas fezes, é possível que o médico adote um procedimento cirúrgico para a remoção da mesma.

Com a dica do porquinho, além de diminuir o risco de seu filho se engasgar ou acabar engolindo uma moeda, você estará ensinando-o a poupar dinheiro, mesmo que indiretamente.