Cuidados ao usar água sanitária

Publicado em 22 julho, 2013

A água sanitária é ótima com alvejante e desinfetante, mas seu uso requer cuidados para evitar acidentes

A água sanitária é um dos principais produtos usados na limpeza da casa. Além do seu uso mais comum, o de alvejar roupas brancas, a água sanitária funciona como desinfetante de alimentos e superfícies como pias, banheiro e demais cômodos da casa que precisam estar livres de bactérias e de odores desagradáveis.

Mesmo sendo muito útil e bastante utilizada praticamente em todas as residências do Brasil, o uso da água sanitária requer alguns cuidados por se tratar de um produto químico.

Hipoclorito de sódio é o nome químico da água sanitária, e assim como qualquer outro produto químico pode provocar danos à saúde e provocar acidentes diante de reações causadas pelo contato com outras substâncias químicas. Abaixo confira dicas para manusear a água sanitária com cuidado e evitar acidentes.

Cuidados com a pele

Contatos rápidos da água sanitária com a pele costumam não causar danos. No entanto, é aconselhável evitar esse  contato, mesmo que rápido.  Para se proteger, é recomendado a utilização de  luvas de borracha. O contato direto com a água sanitária, principalmente pura, sem estar misturada com água, pode causar vermelhidão na pele, irritação e até queimaduras.

Cuidados com os olhos

Os componentes químicos presentes na água sanitária tem poder corrosivo, e pode ser extremamente agressivos quando em contato com regiões mais sensíveis do corpo, principalmente com os olhos. Se ocorrer contato com os olhos, é recomendado a lavagem com água limpa por 15 minutos. Se a irritação persistir, é necessário procurar imediatamente atendimento médico.

Cuidados com a toxidade

Como falamos no único, apesar de ser um produto muito utilizado e facilmente encontrado, a água sanitária é um produto químico, e como tal pode reagir com diversas outras substâncias e dar origem a reações químicas que podem gerar gases tóxicos. Por isso é importante evitar misturá-la com outros produtos de limpeza, ácidos e demais substâncias químicas. Não há problema em misturar água sanitária com sabão em pó, por exemplo.

Com em casa não é possível determinar se a mistura da água sanitária com outro produto gera ou não gases ou substâncias tóxicas, se ocorrer a mistura é importante evitar a inalação dos gases e contato direto com a pele.

Mesmo sem estar misturada, é importante evitar a inalação do vapor da água sanitária.

Cuidados com risco de explosão

O Hipoclorito de sódio pode reagir quando em contato com metais como alumínio, cobre e zinco, resultando na produção de gás hidrogênio, que é inflamável e pode oferecer risco de explosão. Portanto, é necessário cuidado e não permitir o contato do Hipoclorito de sódio com estes metais, principalmente em locais fechados e onde há fogo, como na cozinha, por exemplo.