Conseguir máquina de cartão de crédito Cielo sendo pessoa física

Publicado em

Assim como as empresas, pessoas físicas também podem possuir maquineta de cartão de crédito

O cartão de crédito realmente chegou para facilitar a vida de todos: dos clientes, por poderem parcelar a compra em muitas vezes e serem dispensados da necessidade de andar com muito dinheiro no bolso, e dos lojistas, que oferecem uma forma de pagamento mais flexível e que pode transformar a venda à prazo numa espécie de financiamento para capital de giro. Isso porque os lojistas podem antecipar o pagamento dos valores das vendas feitas à prazo, parcelada ou não. Para isso, é cobrada uma pequena taxa, cujo percentual varia de acordo com diversos fatores.

Muitos trabalhadores autônomos, mesmo que sejam informais, ou seja, não representem pessoa jurídica, podem oferecer aos seus clientes a forma de pagamento por cartão de crédito através da maquineta da Cielo. Em outras palavras, tanto pessoas jurídicas, cadastradas no CNPJ, quanto pessoas físicas, podem ter maquinetas da Cielo em seus estabelecimentos.

A única exigência que é feita, pelo menos inicialmente, que é o empreendedor que deseje ter a maquina na Cielo em seu estabelecimento tenha conta corrente em algum banco que seja acionista da Cielo e que possua instalações que possibilitem a instalação da maquineta. O próximo passo é entrar em contato com o gerente do seu banco e solicitar a afiliação à Cielo.

As questões sobre tarifas e demais custos devem ser respondidas por seu gerente, pois em alguns casos é possível negociá-las. Se tiver mais dúvidas, visite a página de perguntas freqüentes do site da Cielo.

Se seu negócio for virtual, recomendo que utilize os serviços do Pagamento Digital, que oferece uma estrutura completa e segura para realizar sua vendas online.

Para obter mais informações sobre como conseguir uma maquineta, visite o site da Cielo, clique aqui. Ou entre em contato com o banco onde você tem conta.


Compartilhe: