Dois sistemas grátis para criar sua loja virtual

Publicado em 8 março, 2016 / Atualizado em 8 de março de 2016

Com o crescimento do comércio eletrônico, ciar uma loja virtual pode ser decisivo para aumentar o faturamento da sua empresa

A internet deixou de ser um canal apenas para comunicação ou entretenimento, e cada vez mais está se mostrando um excelente meio para fazer negócios, alcançar clientes e fechar vendas.

Com a popularização do comércio eletrônico, deixar de atuar neste ambiente pode ser um fator negativo, principalmente se a concorrência tomar a frente e começar a divulgar seus produtos e serviço na grande rede antes de você.

Independentemente do tipo de negócio ou porte da empresa, ou mesmo se a venda for feita por uma pessoa física, há possibilidade de realizar vendas pela internet e aumentar o faturamento do negócio.

Uma das principais dificuldades encontradas até então por quem pretendia colocar no ar uma loja virtual era comprar o sistema da loja, que geralmente costuma ter um preço elevado e exigir uma equipe técnica disponível, inviabilizando a investida por pequenos empresários.

Felizmente, assim como existem em outros segmentos, é possível colocar no ar sua loja online utilizando sistemas gratuitos ou open sources de lojas virtuais, o que diminui consideravelmente os custos com este novo investimento.

Conheça abaixo duas ótimas opções gratuitas para a criação de lojas virtuais

WooCommerce

Começamos a lista com um sistema que utiliza nosso querido WordPress. O WooCommerce é um plugin que transforma o WordPress, uma das melhores plataformas de blogs que existe, em uma loja virtual completa.

Sistema de loja virtual WooCommerce

Além dos recursos nativos do WooCommerce, é possível adicionar diversas funcionalidades extras através de plugins, de maneira a adequar a loja às suas necessidades. Através dos plugins podemos fazer a integração com sistemas de pagamento como PagSeguro, Paypal, Bcash, sistemas de bancos e operadoras de cartão de crédito, cálculo de frete e muitas outras funções úteis em uma loja virtual.

O WooCommerce é gratuito e a maioria dos plugins também. Contudo, existem também plugins pagos, geralmente para funções mais específicas.

Este é o sistema ideal para quem quer abrir uma pequena loja virtual, e não tem muito conhecimento sobre o gerenciamento de lojas virtuais, e que também deseja apenas de recursos básicos, mas que podem ser ampliados com a instalação de plugins. Como pontos positivos podemos citar a facilidade de uso e de modificação, a grande quantidade de plugins e temas gratuitos e a ativa comunidade de desenvolvedores e colaboradores.

PrestaShop

O PrestaShop é um sistema próprio (não roda sobre outro) e completo para o gerenciamento de lojas. Ele é mais completo e complexo que o WooCommerce, por isso é indicado para lojas maiores e que exijam mais funções.

Sistema de loja virtual PrestaShop

Um dos pontos que mais chama a atenção no PrestaShop é seu painel de relatórios, onde é possível ver os produtos mais vendidos, mais visitados, meios de pagamento mais utilizados e diversos outros dados estatísticos.

Ainda estão disponíveis ferramentas para configurações de transporte, conversão para outras moedas, gestão de estoque, impostos, código de barras e uma infinidade de outras funções nativas.

O PrestaShop é um sistema muito completo, por esse motivo, seu gerenciamento é um pouco complexo, e exige além de experiência com o funcionamento de sites, a possibilidade de contratação de um profissional em programação ou design para fazer adaptações ou adequação às suas necessidades.

Isso acontece porque, apesar de possuir muitos módulos gratuitos e uma grande e ativa comunidade de desenvolvedores e colaboradores, uma nova versão do PrestaShop muitas vezes é incompatível com ferramentas utilizadas na versão anterior, e muitas vezes essa atualização não é tão simples ou gratuita.

Qual é melhor, WooCommerce ou PrestaShop?

A resposta vai depender de suas necessidades, experiência ou disponibilidade de recursos financeiros, isso porque:

O WooCommerce é mais simples, possui menos recursos nativas, porém é mais fácil de utilizar e modificar, principalmente por rodar sobre o WordPress, que é um dos principais CMS do mundo e possuir uma enorme comunidade de desenvolvedores e colaboradores. Por ser bem mais simples, com conhecimento técnico intermediário já é possível fazer modificações e personalizações. Ele também é mais leve, rodando em servidores mais modestos.

O PrestaShop é mais completo, com recursos mais avançados e comparado a sistemas utilizado por grandes lojas. Além disso é gratuito e possui muitos módulos para adicionar funcionalidades extras, também gratuitos. Para modificações ou personalizações exige mais conhecimento técnico e sua utilização também é mais complexa, muitas vezes exigindo a contratações de profissionais como designers ou programadores para fazer adaptações ou personalizações. Além disso, ele é mais pesado, exigindo um servidor com melhor configuração.

A partir dessas informações, recomendamos que visite a páginas oficial de ambos os sistemas, veja a demonstração ao vivo (live preview), confira mais recursos, visite o fórum e veja as principais reclamações dos usuários. A partir daí você terá mais certeza de qual dos dois sistemas é melhor para seu projeto.