Quando trocar os pneus do carro

Publicado em 12 agosto, 2013 / Atualizado em 29 de outubro de 2014

Trocar os pneus no momento certo é importante para manter a segurança nas estradas

O pneu não é um item que costuma ser trocado com muita frequencia, principalmente quando se utiliza o veículo de maneira consciente e visando proteger os pneus não apenas do desgaste excessivo, mas também de acidentes que podem comprometer sua vida útil.

Dirigir veículos com pneus carecas aumenta muito o risco de acidentes, uma vez que os pneus nesse estado não apresentam aderência suficiente com o solo e, por estarem mais finos, devido ao desgaste da banda de rodagem, podem estourar com mais facilidade, sobretudo em regimes de uso mais severos.

Saber quando é a hora certa de trocar os pneus do carro é importante para manter a segurança e também o conforto ao dirigir o veículo, já que pneus novos proporcionam mais estabilidade de maciez no contato com o colo. Abaixo damos algumas dicas:

pneus-velhos

Indicadores técnicos

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre o momento certo de trocar os pneus por não saberem como identificar se eles ainda estão bons ou não. Para essas pessoas, existem os indicadores técnicos. Como indicador técnico temos:

O TWI (Tread Wear Indicator) que é um indicador que fica dentro dos sulcos (cavidades) dos pneus. o TWI é uma espécie de pino de borracha que indica se o pneu já perdeu muita borracha e deve ser substituído ou não.

[related_posts]

O TWI possui 1,6 milímetros de altura, e essa é a profundidade mínima que o sulco do pneu pode ter. Quando a banda de rodagem estiver com a mesma altura do TWI, está na hora de substitui-lo.

A quilometragem é outro indicador que pode ser percebido por todos os motoristas, seja os mais experientes ou os novatos ao volante. A maioria dos fabricantes de pneus indicam qual é a quilometragem recomendada para a troca dos pneus.

Outros indicadores

Além dos indicadores indicados acima, também é possível conferir se os pneus devem ser substituídos analisando seu estado. Caraterísticas como deformidades, desgaste irregular, bolhas internas e rachaduras indicam que o pneu já não deve ser mais usado.

Como muitas vezes o proprietário do veículo pode ficar em dúvida se o pneu ainda roda ou já deve ser substituído, uma dica útil é levar o veículo até um posto autorizado de uma marca de confiança. Lá os técnicos irão analisar tanto os indicadores técnicos quanto os visuais e poderão determinar com mais segurança se é ou não a hora de trocar os pneus do veículo.