Como remover excesso de cera dos ouvidos

Publicado em 19 maio, 2014 / Atualizado em 20 de maio de 2014

O excesso de cera ou cerume pode chegar a "entupir" o ouvido, mas sua remoção pode ser fácil e rápida

Há alguns anos era algo comum as pessoas utilizarem hastes flexíveis com ponta de algodão, o famoso cotonete (Cotonete é marca registrada da Johnson & Johnson) para limpar os ouvidos a fim de remover a cera (ou cerume) que é naturalmente produzida pelo organismo.

Contudo, já há algum tempo é unanimidade entre os médicos que a remoção desnecessária da cera do ouvido pode ser prejudicial à saúde. Isso porque a cera é uma proteção natural contra vírus, bactérias e elementos físicos como poeira e outros semelhantes que podem agredir a porção mais profunda dos ouvidos.

A cera tem como objetivo evitar que substâncias e agentes biológicos penetrem profundamente no canal auditivo e atinjam o tímpano, que é uma membrana responsável por captar os sons do meio ambiente e transmitir para a porção mais interna do ouvido, possibilitando, dessa maneira, a audição.

Cera em excesso

Acontece que, por diversos motivos, a quantidade de cera produzida pode ser muito grande. Naturalmente o excesso de cera é expelido do ouvido, mas em alguns casos a cera pode ficar retida no interior do ouvido, acumulando-se e criando uma espécie de “bolo” que pode obstruir ou tapar o canal auditivo, ocasionando dificuldade ou perda de audição, coceira e outros sintomas incômodos. Esse “bolo de cera” também é chamado de “rolha de cerume“.

O uso de cotonetes também pode contribuir para o entupimento do ouvido, pois o descuido na sua utilização pode acabar empurrando o bolo de cera para o fundo do ouvido, podendo inclusive fazer com que ele se encoste no tímpano, o que pode trazer os transtornos citados, além de dificultar a remoção da cera acumulada.

Os principais sintomas do excesso de cera nos ouvidos são: sensação de surdez, geralmente em apenas um dos ouvidos, sensação de ouvido entupido, dificuldade de audição, zumbido e coceira.

Como remover o excesso de cera

Não é aconselhável o uso de qualquer objetivo ou mesmo cotonete para remover o excesso de cera dos ouvidos, pois eles podem acabar empurrando o bolo de cera para o fundo do ouvido. Um dos meios utilizados pelos otorrinolaringologistas para retirar o excesso de cera é a utilização de pinça, que remove mecanicamente o bolo de cera do canal auditivo.

Outro meio, que inclusive pode ser feito em casa, é a utilização de um produto específico para dissolver esse bolo e possibilitar que o ouvido seja desobstruído.

Existem receitas caseiras que indicam o uso de diversos produtos facilmente encontrados em casa, como água oxigenada, óleos etc. Contudo, tais produtos não foram feitos para essa finalidade, o que coloca em dúvida a segurança de sua utilização para esse fim. Por esse motivo a maneira mais segura de desobstruir ouvido entupido pelo acúmulo de cera é procurar um médico ou, se a situação permitir, utilizar uma solução otológica específica para dissolver o excesso de cerume dos ouvidos, permitindo sua saída natural.

Tal medicamente pode ser facilmente encontrado nas farmácias (basta pedir ao farmacêutico um remédio para remover excesso de cera dos ouvidos), e a maioria deles pode ser adquirida sem a apresentação de receita médica, assim como outros medicamentos de livre comercialização. No entanto, se você não perceber melhora, é recomendável procurar assistência médica.