Como começar a vender pela internet

Publicado em 17 março, 2016

O comércio eletrônico pode ser a saída para aumentar o faturamento e consolidar sua marca no mercado

A internet está cada vez mais fazendo parte da vida dos brasileiros, e a tendência é que o acesso à internet continue crescendo nos próximos anos.

E esse aumento no número de pessoas conectadas não se deve apenas à popularização de aparelhos celulares do tipo smartphone e seus aplicativos de mensagens e redes sócias.

O comércio eletrônico atrai muitos consumidores para a internet, sobretudo pelo fato de muitas vezes os preços praticados pelas lojas virtuais serem mais baixos que os praticados por lojas físicas, muitas vezes mesmo o custo do frete estando embutido no valor do produto.

Diante de tal mudança no comportamento dos consumidores, levar seu negócio para a internet pode significar, principalmente, um incremento nas vendas, além de maior visibilidade e divulgação de sua marca ou empresa.

Como começar a vender na internet

Ao contrário do que muitos imaginam, ter uma loja virtual ou vender por outros meios não é algo inalcançável, e pode ser feito tanto por pessoas jurídicas quanto físicas. Há algum tempo, realmente era necessário desembolsar uma quantia significativa para contratar uma equipe de desenvolvedores, no caso de criação de lojas virtuais.

Confira abaixo opções para vender pela internet. Vale lembrar que você pode utilizar algumas delas inicialmente, e posteriormente mudar para algo mais completo.

Mouse e cartão de crédito
Com o crescimento constante das compras online, levar seu negócio para a internet pode significar aumento significativo nas vendas.

1. Sistemas open source

Hoje em dia existem ferramentas gratuitas fantásticas, capazes de gerenciar lojas dos mais diversos tamanhos e segmentos. Aqui mesmo já mostramos dois excelentes sistemas gratuitos, o PrestaShop e WooCommerce. Além desses, existem também: OpenCart, Magento, osCommerce, Zeuscart, Ubercart, Zen Cart, CubeCart, dentre outros. Para usar um desses sistemas, você deverá contratar um serviço de hospedagem para hospedar sua loja virtual, como a Hostgator, por exemplo.

2. Loja prontas

Existem empresas que oferecem lojas prontas, onde o cliente apenas registra o domínio, muda configurações de layout e outros detalhes. Esse é uma interessante opção pois tudo já está pronto e configurado, dispensando o cliente de pagar profissionais para alteração de códigos ou de layout. Em geral essas empresas cobram mensalidades, e o valor costuma variar em função do tamanho da loja e quantidade de itens, por exemplo.

3. Redes sociais

As redes sociais são um ótimo ambiente para divulgação de produtos e também para a realização de vendas. Nelas você pode criar páginas e grupos voltados para a sua área de atuação, e neles você pode começar a oferecer seus produtos e serviços aos demais usuários da rede. O fato de as redes sociais, a exemplo do Facebook, permitirem o contato com outros utilizadores e outros grupos, facilita muito a divulgação do negócio.

4. Sites de anúncios e classificados

Outra opção, bem mais antiga e conhecida, é a utilização de sites de classificados e de leilões. Neles você pode anunciar seus produtos e serviços gratuitamente, ou pagar somente uma comissão quando realizar uma venda ou quando ferramentas de divulgação mais amplas do site são utilizadas.

Conclusão

Essas são as principais maneiras de começar a vender seus produtos ou serviços pela internet. Vale lembrar que elas podem ser utilizadas em conjunto, ou seja, se você decidir criar uma loja virtuail com os sistemas sugeridos no item 1, em conjunto você pode divulgá-la nas redes sociais e publicar em sites de classificados ou de leilões.