Como calcular quantidade de blocos na construção

Publicado em 26 janeiro, 2015

Aprenda a calcular a quantidade de blocos necessária numa obra, na construção de um cômodo ou parede

Um dos pontos mais importantes no planejamento da construção de uma casa é o valor que será gasto com a compra dos materiais de construção e equipamentos.

Como, de maneira geral, os recursos necessários para o término da obra não se encontram totalmente disponíveis em mãos, saber o que comprar e quando comprar é de fundamental importância para evitar que a obra pare em alguma das etapas por falta de dinheiro.

Comprar os materiais no momento certo e na quantidade necessária em dado momento possibilita que haja continuidade na obra, evitando pausas por falta de dinheiro e material e também o gasto e acúmulo de material que não serão usados imediatamente.

Para evitar deixar dinheiro empatado com materiais que só serão utilizados depois, ou mesmo desperdício de dinheiro por comprar material além do necessário, é importante calcular quanto de material será necessário em cada etapa da obra.

Por mais que seja difícil calcular a quantidade exata de material será necessário, é possível obter valores aproximados, com pequena margem de erro, o que já cobre possíveis perdas com quebras, extravio ou mesmo com peças defeituosas.

Um dos principais materiais utilizados numa construção são os blocos, que geralmente são responsáveis por grande parte do orçamento de uma construção. Sendo assim, o cálculo prévio da quantidade de blocos necessários é importante para evitar a falta desse material durante o serviço ou mesmo sua compra em excesso.

Cálculos iniciais

Saber quantos blocos comprar é importante não apenas na construção de uma nova casa. Em uma reforma, construção de uma parede ou mesmo de um muro, devemos saber a quantidade necessária para a execução do serviço.

Para calcular a quantidade de blocos numa obra, inicialmente devemos conhecer a área a ser construída e a área do bloco. Vamos aos exemplos:

Área da parede

Tomemos como exemplo um cômodo de quatro metros de comprimento e três de largura, com pé direito de três metros de altura. Calculando a área temos: (4+4+3+3).3 = 42. Calculando a área da parede do cômodo temos o valor de 42m².

Área do bloco

Depois de saber a área das paredes, devemos calculara área do bloco. Para isso, fazemos o mesmo que fizemos com a parede. Como existem diversos tamanhos de blocos, tenha certeza das dimensões dos blocos que serão usados na sua obra. Como exemplo, vamos usar o bloco cerâmico com as dimensões 9x19x29cm. Transformando de centímetro para metro, temos as medidas, 0,09×0,19×0,29. Como a largura do bloco não nos interessa, vamos trabalhar apenas com sua altura e comprimento (0,19 e 0,29).

Bloco cerâmico

Como calcular a quantidade de blocos necessária

Depois de calcularmos a área da parede e do bloco, vamos calcular quantos blocos serão necessários para construir as paredes. Contudo, não devemos esquecer que entre os blocos existe a massa de cimento. Dessa maneira, o espaço preenchido por essa massa deve ser considerado, já que a parede não é composta apenas de blocos encostados uns nos outros.

Como esse espaço tomado pela massa pode variar, apenas como exemplo vamos considerar que entre os blocos existe dois centímetros (0,02 metros) de cimento. Esse valor deve ser somado às dimensões do bloco.

Calculando:

Área da parede: (4+4+3+3).3 = 42

Área do bloco: (0,19 + 0,02).(0,29 + 0,02) = 0,0651

Cálculo: 42 / 0,0651 = 645

Para construir o cômodo do exemplo acima, iremos precisar de 645 blocos. Vale lembrar que por segurança, é recomendável comprar, em média, 10% a mais da quantidade calculada para cobrir possíveis perdas.