Queimadura de sol: como aliviar ardor e vermelhidão da pele

Publicado em

Dicas para cuidar da pele queimada pelo sol

Como cuidar de queimaduras do sol

Imagem ©: morgueFile.com

O verão é uma das épocas do ano mais comemoradas em todo o Brasil, seja no Sul ou no Nordeste, verão é sinônimo de pouca roupa, sol, praia e piscina, sendo estas duas últimas, as principais opções para quem deseja se refrescar e se divertir na época mais ensolarada do ano. Contudo, deve-se ter muito cuidado com a exposição exagerada ao sol.

Apesar da facilidade em encontrar protetores solares, que são produtos feitos especificamente para proteger a pele contra os raios do sol, e que são vendidos em qualquer farmácia e até mesmo em supermercados, muita gente ainda vai para praia ou piscina sem fazer uso destes protetores, e acabam se expondo demais ao sol. O mesmo erro comete quem, apesar de usar protetor solar, faz uso de um cujo fator não é adequado ao seu tipo de pele. Nestes casos, há certa proteção, porém não a suficiente e que seria obtida com o uso de um protetor cujo fator é adequado ao seu tipo de pele.

Bem, se você se expôs demais ao sol, usou ou não protetor solar, e agora está com a pele toda ardida e vermelha, saiba que não há milagres a fazer, no entanto, existem algumas medidas para acelerar o processo de recuperação da pele, evitar bolhas e descamação e amenizar a vermelhidão e ardor da pele queimada pelo sol.

Dicas para aliviar os incômodos de queimaduras de sol

Tome banho com sabonetes hidratantes – a pele perde muita água ao ser exposta ao sol, os sabonetes hidratantes ajudarão a reestabelecer a hidratação da pele Evite sabonetes comuns, pois eles podem ressecar ainda mais a pele. Dê preferência, tome banho frio, mas se isso for muito incômodo, use água levemente morna, pois a água quente pode piorar ainda mais a sensação de queimadura.

Use uma loção pós-sol – esse tipo de produto é específico para tratar queimaduras do sol, e além de tratar as queimaduras também hidratam a pele. Dê preferência às loções pós-sol que contenham aloe vera, que proporcionam a sensação de recrescência e de pele hidratada. Em geral, a depender da lesão, as loções evitam as bolhas e a descamação, e ajudam a diminuir a vermelhidão da pele.

Beba água – depois de muita exposição ao sol, não só sua pele está desidratada como também seu corpo como um todo. Beba bastante água após o sol.

Tenha uma boa alimentação – após as queimaduras de sol, dê preferência a uma alimentação leve, sem muita gordura. Uma dica importante é consumir frutas, como a melancia e água de coco, que além de hidratarem o copo são ricas em sais minerais.

Roupas leves – se você está com a pele queimada pelo sol, qualquer contato com ela pode ser um sofrimento. Por esse motivo, vista roupas leves, com tecidos suaves. Se possível, pelo menos em casa, use o mínimo de roupas possível. Isso, além de facilitar a respiração da leve, também evita que você sue, o que pode atrapalhar a recuperação da pele.

Hidratantes – Além da loção pós-sol, use um hidratante para pele, pois ele ajudará na recuperação das queimaduras e também diminuirá o desconforto.

Compressas – compressas com água gelada podem ajudar a diminuir o ardor e desconforto das queimaduras.

Nada de sol – Evite se expor novamente ao sol enquanto estiver com queimaduras. Além disso, evite também ambientes quentes, dê preferência a lugares ventilados e frescos.

Lembre-se: quando for se expôr ao sol, sempre use um protetor solar.

Importante: essas dicas se aplicam, principalmente, a queimaduras comuns de sol, normalmente com vermelhidão e ardor brando. Se sua queimadura está causando um grande desconforto, é muito recomendável a consulta a um médico dermatologista. As informações passadas nesta página tem caráter apenas informativo, nada substitui a avaliação de um médico especialista.