Como achar o valor do juro calculando juros simples

Publicado em

Aprenda como fazer o cálculo para achar o juro numa aplicação a juros simples

O juro simples é aquele em que a taxa de juros incide apenas sobre o valor inicial, e jamais sobre o montante obtido através da aplicação de juros anteriores. Quando há a aplicação de juros sobre um montante, estamos calculando juros compostos. Para saber como diferenciar um do outro, confira: diferença entre juros simples e juros compostos. Neste artigo vamos falar especificamente de juros simples, utilizando a simbologia que costuma ser usada em nível superior.

Fórmula para juros simples: VF= VP.(1+i.n)

Onde:

VF = valor futuro

VP = valor presente

i = taxa de juros

n = tempo ou período

Perceba que a taxa é multiplicada pelo tempo, e incide apenas uma vez sobre o valor presente. Desta maneira, o juro será aplicado de uma só vez,  sem sobreposição.

Como achar o valor do juro numa aplicação feita a juros simples?

Para encontrar o juro, ou seja, o valor que foi acrescido ao valor presente, basta subtrair do valor futuro o valor presente.

Fórmula: J = VF-VP ou J = VP.i.n

Exemplo: Foi aplicada a quantia de R$ 1.500,00 a uma taxa de 2% ao mês durante 6 meses. Qual o total de juros obtido?

Resposta:

FV = 1500.(1+0,02.6)

FV = 1500.1,12

FV  = 1.680,00

____________

J = VF-VP

J = 1.680 – 1.500

J =180,00

____________

O total de juros foi de R$ 180,00.

Compartilhe: