Códigos de resposta (status HTTP) de servidores WEB

Publicado em 2 junho, 2013 / Atualizado em 10 de outubro de 2014

Conheça quais são as cinco classes de códigos de status HTTP e quais suas principais características

Os servidores WEB ao serem requisitados retornam um código de resposta HTTP à quem fez a solicitação. Tal código de resposta serve para informar o atendimento ou não da requisição, ou se a tarefa solicitada foi executada ou não. É a resposta do servidor para aquilo que lhe foi solicitado.

Por exemplo, ao acessar um site com problemas no servidor, o status retornado pode ser o 500 (Internal Server Error). Esse código informa que o servidor está passando por problemas internos, como configurações mal feitas ou problemas em softwares.

Os códigos de resposta de servidores, ou status HTTP, ou ainda código de status, são divididos em cinco classes, sendo agrupados de acordo com suas características. Atualmente existem dezenas de códigos de status que podem ser emitidos por servidores de sites. No entanto, alguns status são bastante difíceis de serem vistos, sendo retornados apenas em situações bastante específicas.

Como dentro de cada classe existem diversos códigos de status HTTP, e tratar de cada um deles num único post poderá torná-lo muito extenso e cansativo, em alternativa à isso, vamos falar apenas sobre as cinco classes, mostrando como elas funcionam e o que significam de maneira geral. Além disso, dentro de cada classe iremos dar como exemplo o código de status mais conhecido dentre os demais.

Barra de endereço

Classes de códigos de status HTTP

A melhor hospedagem para sites e blogs, conheça: Hostgator.

As classes são definidas com números iniciais que vão de 1 a 5, e como em cada uma delas existem diversos códigos de resposta HTTP, geralmente elas são escritas seguidas de mais dois números. Contudo, para representá-las de forma genérica, usamos duas letras “x” depois do número inicial. Como 2xx, 3xx e assim por diante.

Classe de status 1xx (informativa / resposta provisória)

Retorna ao solicitante que a instrução foi recebida, em seguida aguarda uma nova instrução para completar a ação, ou que foi solicitado ao servidor a troca do protocolo de comunicação usado na conexão com ele.

Classe de status 2xx (sucesso / bem sucedido)

Os códigos de status compreendidos nesta classe indicam que a solicitação ao servidor foi aceita e, talvez, processada. Isso porque a solicitação pode ter sido aceita, mas ainda não foi processada. Ou que foi processada, mas a resposta ainda não foi enviada pelo servidor. De maneira geral, o status 2xx indica que tudo está “ok”, que tudo deu certo na solicitação.

Dentro dessa classe, um código bastante conhecido é o 200. Ele indica, em geral, que a página solicitada na internet foi fornecida corretamente.

Classe de status 3xx (redirecionamento)

Essa classe é responsável pelos códigos que indicam redirecionamento. Os códigos pertencentes a essa classe informam que, por exemplo, o endereço de uma página foi movido para outro local de maneira definitiva ou provisória.
Dentro dessa classe temos o famoso status 301, também chamado de redirecionamento 301. Esse código indica que o endereço de uma página foi movido permanentemente para outro local.

[related_posts]

Classe de status 4xx (erro do cliente / solicitação)

Esse status retorna que um erro possivelmente ocorreu devido a problemas na solicitação feita. Esse status é chamado de erro de cliente porque ele só ocorre quando o servidor não consegue processar uma solicitação devido a um erro na solicitação. Como cliente temos por exemplo um visitante que tenta acessar determinada página ou arquivo num site. Em outras palavras, quem gera um erro dessa classe são os visitantes de um site, por exemplo.

Dessa classe temos o famoso erro 404. Esse código de status indica que a página ou recurso solicitado não existe ou foi excluído permanentemente. Por exemplo, se uma página num site for excluída , ao tentar acessá-la o visitante receberá do servidor um erro 404.

Classe de status 5xx (erro do servidor)

Enquanto o status 4xx indica um erro causado pelo cliente, o 5xx revela que ocorreu um erro interno no servidor ao tentar atender a solicitação feita. Esse status pode sugerir várias coisas, como falta de recursos para processar a solicitação, indisponibilidade por sobrecarga etc.

O erro 500 é o status mais famoso dessa classe. Ele indica que devido a um problema interno do servidor, a solicitação não pode ser processada ou aceita.

Finalizando

Esse texto teve como objetivo proporcionar uma visão geral sobre os códigos de status HTTP enviados por servidores WEB. Vale lembrar que as descrições de cada classe de status é genérica, uma vez que dentro de cada classe existem vários códigos para situações específicas.