Aliança arranhada: polimento resolve o problema

Publicado em 5 abril, 2013

O polimento é um processo rápido, barato e que deixa as alianças como novas

As joias geralmente costumam ficar guardadas para serem usadas apenas em ocasiões especiais, seja por questões de segurança, para evitar que ela seja roubada ou perdida, seja para evitar que ela sofra danos como arranhões, por exemplo.

As alianças são joias que carregam consigo além do valor material valor sentimental, sendo em muitos casos este considerado mais importante que aquele, já que ela representa o amor e compromisso entre duas pessoas.

Mesmo a aliança sendo tão importante sentimentalmente, e às vezes também sendo caríssimas materialmente, não tem jeito, elas devem ser usadas diariamente, afinal de contas o fato de tando o marido quanto a esposa andarem sem usá-la pode ser motivo para uma briga feia entre eles.

Sendo assim, estando o tempo todo no dedo, é inevitável que a aliança sofra agressões que causem a diminuição de sua beleza ou brilho. Arranhões, tombos, produtos químicos e objetos ásperos são um dos principais causadores de arranhões, manchas e até amassados nas alianças.
[related_posts]

Polimento remove arranhões e dá brilho às alianças

A perda de brilho e pequenos arranhões podem ser corrigidos com o polimento da aliança. Esse processo é feito por qualquer joalheira e costuma ser rápido e barato. No processo a empresa utiliza produtos e equipamentos de renovam a superfície da aliança, removendo arranhões e devolvendo o brilho do metal, seja ele ouro ou prata.

Par de alianças

O melhor de tudo é que a maioria das lojas que vendem o produto oferecem gratuitamente o serviço de polimento, pelo menos por um certo tempo. Mesmo que a loja que vendeu as alianças não faça esse serviço, é possível levá-las a qualquer joalheria para que o polimento seja feito. Em geral o serviço é bastante barato, há joalherias que cobram entre R$ 5,00 e R$ 10,00 para polir um par de alianças. No entanto, se a mesma estiver muito danificada, o serviço pode ficar um pouco mais caro, podendo chegar aos R$ 50,00.

Apesar de corrigir imperfeições e devolver o brilho e beleza às alianças, é importante não exagerar na quantidade de polimentos, para evitar a perda de material, já que uma finíssima camada pode ser removida, principalmente quando existem arranhões mais profundos.

Não existe uma quantidade mínima ou máxima de vezes recomendadas para o polimento das alianças, ele deve ser feito quando se percebe a necessidade de fazê-lo. No entanto, de maneira geral, o polimento anual costuma ser satisfatório.