5 fatores decisivos para passar em concursos públicos

Publicado em 4 novembro, 2015

Focar apenas na leitura de materiais pode não ser decisivo passar em concursos públicos

Estudar para concursos públicos costuma gerar muita ansiedade nos candidatos. Devido à grande quantidade de conteúdo programático que geralmente é cobrado nos certames, muitas pessoas acabam deixando de lado fatores importantes para a aprovação e direcionam suas energias apenas para o consumo de cada vez mais conteúdos.

Claro que quanto mais se estuda maiores são as chances de acertar um grande número de questões. O que queremos é chamar a atenção para o fato de que apenas se preocupar com leituras e vídeo-aulas pode acabar tendo um efeito indesejado e às vezes contrário ao propósito do candidato, que é acertar o maior número de questões possível e, de preferência, ser aprovado no concurso.

Leia com atenção as dicas abaixo e se prepare melhor para as provas. Tenha o máximo de cuidado ao tratar dos cinco pontos listados abaixo, pois eles podem representar sua aprovação.

FATORES IMPORTANTES NA PREPARAÇÃO PARA CONCURSOS

1. Estabilidade emocional

A estabilidade emocional diz respeito ao bem estar mental. Extremamente importante no dia da prova, a estabilidade emocional é muito importante durante toda a preparação do candidato. Pressa, desespero, baixa auto-estima, sensação de impotência, angústia, medo, ansiedade etc., são exemplos de sentimentos que podem arruinar seus dias, semanas ou meses de estudo.

Estar com a cabeça boa durante os estudos e no dia a prova pode ser decisivo para a aprovação. Por esse motivo, não trate os estudos como algo pesado, penoso, difícil. Trate como algo saudável, agradável e promissor. Veja os estudos como a estrada que o levará aonde você deseja tanto chegar.

A estabilidade não é relacionada apenas diretamente aos estudos, mas sim à sua vida como um todo, namoro, casamento, trabalho, amizades etc. Portanto, encare todas as dificuldades e problemas de sua vida com entusiasmo e evite ao máximo ficar triste ou desaminado, e principalmente que acontecimentos negativos interfiram na sua rotina de estudo.

[related_posts]

2. Descanso físico

Cansaço físico causa dificuldade de concentração, dores e desconforto físico durante a aplicação das provas. Durante toda a preparação descanse bem, pratique atividades físicas, se alimente de maneira saudável. Isso o deixará muito bem preparado para passar as três, quatro ou mais horas em frente ao caderno de provas dos concursos.

3. Persistência

Não se deixe abater. Os concursos estão cobrando cada vez mais conteúdo, mais disciplinas, por isso é comum uma ou outra reprovação, principalmente para quem está no início da “carreira de concurseiro”. Veja cada reprovação como um degrau que você subiu em direção ao seu objetivo. E tenha em mente que uma reprovação nos ensina muito, nos mostra onde podemos melhorar, onde temos mais facilidade ou dificuldade, o que mudar da próxima vez, nossas potencialidades, como interpretar os enunciados etc.

4. Estudar bem

Nem pense em perder noites para “consumir” o máximo possível de conteúdo antes da prova. Esse ponto está relacionado com o ponto 1 e o 2, ou seja, a estabilidade emocional e o descanso físico. Se você chega a quase exaustão para estudar, você mostra estar desesperado e inseguro, e isso faz com que você fique extremamente cansado, já que precisamos dormir bem para que o corpo como um todo funcione bem.

Prefira a qualidade em vez da quantidade. Se você ler duzentas páginas estando cansado ou com sono, provavelmente só consiga absorver umas 20. Estando descansado e tranquilo, ou seja, se sentindo bem, muito provavelmente conseguirá absorver todo o conteúdo. Outro ponto interessante é utilizar outros meios de estudo quando possível, como vídeos e áudios.

5. Treino

Infelizmente, por mais que sua preparação tenha sido boa, as “artimanhas” das bancas podem te derrubar. É comum as bancas escolherem pontos críticos das disciplinas para criar questões complexas e muitas vezes confusas, induzindo a erros ou causando muita dúvida em algo que a primeira vista parecia simples. São as famosas pegadinhas, que podem derrubar até os mais experientes.

É importante saber com os conteúdos são cobrados, os estilos de questão de cada banca, para dessa maneira não ser pego de surpresa. Além disso, a resolução de questões de concursos anteriores é uma excelente maneira de fixar aquilo que foi estudado.

Cuidando com carinho desses cinco pontos apresentados, suas chances de passar em qualquer concurso aumentarão muito.